Blueberry: conheça os benefícios dessa fruta do bem

Se você já se deparou no supermercado com bandejas contendo uma frutinha pequena e arroxeada chamada mirtilo, talvez depois de ler este artigo ela ganhe espaço no seu carrinho de compras. Muito apreciada na Europa e nos países da América do Norte, esta fruta riquíssima em nutrientes – também chamada de blueberry – tem conquistado cada vez mais consumidores no Brasil, como sinônimo de saúde e sofisticação.

O mirtilo é uma das frutas frescas mais ricas em antioxidantes já estudadas, o que lhe garantiu o título de fruta da longevidade. Tanto a casca quanto a polpa da fruta contêm nutrientes capazes de combater os radicais livres, reduzir o colesterol, melhorar a saúde dos olhos e outros inúmeros benefícios para a saúde em geral.

E consumir mirtilo ajuda a saúde sem engordar: cada 100 gramas têm só 32 calorias! É ou não uma fruta do bem?

Benefícios do blueberry para a saúde

O mirtilo não é apenas uma fruta saborosa. Pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) comprovaram que o mirtilo produzido no Brasil tem as mesmas características do blueberry – a versão original da fruta, cultivada nos Estados Unidos e na Europa – e possui a mesma quantidade de pigmentos antocianos.

Estes pigmentos são substâncias de alto poder antioxidante que trabalham para neutralizar radicais livres que prejudicam o nosso sistema imunológico e que conduzem a muitas doenças degenerativas. Os radicais livres aparecem quando estamos expostos a uma variedade de substâncias tais como a radiação, os produtos químicos, a poluição, o fumo, as drogas, o álcool e pesticidas.

Abaixo, mais alguns benefícios comprovados do mirtilo para a saúde:

Combate o envelhecimento precoce – Os antioxidantes são essenciais para combater os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento precoce e o desenvolvimento de algumas doenças;
Ação anti-inflamatória e proteção celular – Um estudo publicado no Journal of Nutrition em 2009 sugere que o mirtilo tem ação de proteção celular e anti-inflamatória, conferindo benefícios ao metabolismo no combate às doenças associadas à obesidade;
Ação anticâncer – O mirtilo contêm ainda ácido elágico e polifenóis. Esses componentes estimulam os mecanismos de eliminação de substâncias cancerígenas;
Saúde Cardiovascular – Pesquisas indicam que o consumo regular de mirtilos pode diminuir o risco de ataques cardíacos em mulheres;
Regulação da glicemia – O mirtilo tem baixo índice glicêmico, contribuindo na regulação da glicemia (açúcar do sangue). É uma excelente alternativa para pessoas que apresentam diabetes ou com intolerância à glicose;
Bom para memória e Coordenação Motora – O mirtilo protege o cérebro dos efeitos de deterioração cerebral associados à doenças degenerativas, como o Mal de Alzheimer, e por ação do envelhecimento;
Visão – Diversos estudos documentaram que os mirtilos têm concentrações muito elevadas de anticianina, um composto normalmente vinculado com a melhora da visão noturna e redução da “vista cansada”. Isto torna a fruta uma excelente indicação para aqueles passam muito tempo em frente ao computador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *